quinta-feira, 31 de março de 2011

OZZY OSBOURNE


Em Porto Alegre, Ozzy esbanja energia e usa bandeira do Grêmio no ginásio do Inter
     Um Ozzy Osbourne disposto e cheio de energia lotou o ginásio do Gigantinho na noite desta quarta-feira (30), em Porto Alegre, no primeiro show da turnê do cantor inglês pelo Brasil, que ainda passará por São Paulo, Brasília, Rio de Janeiro e Belo Horizonte. Aos 62 anos, o fundador do Black Sabbath, alvo de todo tipo de especulação sobre sua saúde nas últimas três décadas, mostrou que os abusos não foram suficientes para roubar sua vitalidade em cima do palco.

Ozzy começou o show para um público de 12 mil pessoas às 20h58min, 32 minutos antes do horário previsto. O eterno Príncipe das Trevas apareceu de capa preta e óculos redondos ao som de “Carmina Burana”, clássico de Carl Orff que deu a solenidade ao primeiro show de um dos pais do heavy metal na capital gaúcha - esta é a quarta turnê do cantor no Brasil, mas a primeira a passar fora do Sudeste. Sorridente, Ozzy agitou a plateia e desfilou o repertório de pouco mais de 1h30min, idêntico ao apresentado recentemente na Argentina e Chile, por onde iniciou a turnê latino-americana.

Se a disposição de Ozzy foi a surpresa da noite, o setlist frustrou quem esperava ousadia. A banda repetiu a ordem das 15 músicas (incluindo o bis) apresentadas para chilenos e argentinos. O disco “Scream”, que dá nome à turnê, ganhou apenas uma música, “Let me Hear You Scream”. Os fãs do Black Sabbath, no entanto, não têm do que reclamar: Ozzy trouxe cinco músicas do quarteto de Birmingham, Inglaterra, entre elas os clássicos “War Pigs”, “Iron Man” e “Paranoid”. Ao lado de “Crazy Train”, um dos principais sucessos da carreira solo de Ozzy, foram os clássicos do Sabbath que incendiaram o Gigantinho.
Ver em tamanho maior
Ozzy Osbourne se apresenta em Porto Alegre

Foto - Ozzy Osbourne abre sua turnê brasileira em Porto Alegre. O cantor se apresentou nesta quarta-feira (30) no Ginásio do Gigantinho (30/03/2011) Nabor Goulart/UOL
















 













A banda interpretou os temas do passado com respeito, mantendo grande parte dos detalhes originais, embora o metal do conjunto estivesse mais pesado do que o próprio Sabbath. O novo guitarrista do cantor, Gus G, que ocupa o lugar de Zakk Wylde há quase dois anos, teve a sensibilidade de manter as principais melodias dos solos de Tony Iommi, Randy Rhoads e  Wylde, os três guitarristas que fizeram história ao lado de Ozzy. Gus G, no entanto, exagerou nos clichês do estilo, como os solos em alta velocidade de frente para o ventilador que movimentava os longos cabelos negros, sobretudo durante o descanso de quase 15 minutos de Ozzy, enquanto a banda faz solos para preencher a saída do líder e toca a instrumental “Rat Salad”, outra do Sabbath.



A plateia recebeu Ozzy com cantos de estádio de futebol e devoção. Em troca, o cantor mostrou que ainda consegue cantar como no passado, embora a voz de Ozzy por vezes desaparecesse na limitada acústica do Gigantinho. O áudio de uma faixa de apoio com a própria voz de Ozzy vazou em trechos de “War Pigs”, dando a impressão de que o cantor se utiliza de algum tipo de playback para ajudar na afinação ou se manter no tempo da música. Se o cantor usa do expediente em outras canções, o truque ficou bem escondido. Ozzy ainda teve energia para correr pelo palco, pular, bater palmas em cima da cabeça inúmeras vezes (nem sempre no tempo da música), refrescar a cabeça a cada parada em um balde posicionado à frente da bateria e molhar o público com uma mangueira de espuma. O cantor não arriscou nenhuma palavra em português e repetiu o bordão "Let´s go crazy!" diversas vezes, dando a impressão de que estivesse um pouco frustrado com a animação do público gaúcho.
Recebido no ginásio do Sport Club Internacional (que jogava contra o Jorge Wilstermann pela Libertadores no Beira-Rio, no mesmo horário), Ozzy ainda cometeu a gafe de se abraçar numa bandeira do Grêmio jogada ao palco, para delírio e repúdio do público. Uma bandeira do Inter também foi lançada, mas o cantor ignorou, embora seja provável que Ozzy não tenha noção da dimensão da rivalidade Grenal e não saiba reconhecer os distintivos dos clubes, detalhe perdoável na biografia de quem, aos 62 anos, é considerado um sobrevivente da própria existência.

Após o bis, com “Mama, I´m Coming Home” e “Paranoid”, Ozzy saudou o público de joelhos, em reverência, e deixou o palco com seus tradicionais passos curtos, costas curvadas à frente, um lembrete dos abusos que ficaram no corpo.
O cantor deixou Porto Alegre após o show, rumo a São Paulo, onde se apresenta no dia 2, na Arena Anhembi. No dia 5, Brasília recebe Ozzy no ginásio Nilson Nelson. O Rio de Janeiro verá o Princípe das Trevas dois dias depois, no Citibank Hall, e a turnê se encerra dia 9 no Mineirinho, em Belo Horizonte.

Veja o repertório do show:
"Bark at The Moon"
"Let Me Hear You Scream"
"Mr. Crowley"
"I Don´t Know"
"Fairies Wear Boots"
"Suicide Solution"
"Road to Nowhere"
"War Pigs"
"Shot in the Dark"
"Rat Salad"
"Iron Man"
"I Don´t Want to Change the World"
"Crazy Train"


Bis
"Mama, I´m Coming Home"
"Paranoid"



 

ALICE COOPER

Alice Cooper faz três shows no Brasil


Tuesday, 29 March 2011 21:17








Ícone do rock teatral, Alice Cooper traz ao Brasil sua antológica performance, conhecida por ser repleta de maquiagem, guilhotinas, sangue e outros recursos e influenciou uma geração de grandes artistas como Kiss, NY Dolls, Guns N Roses, Slipknot, Marilyn Mason, Nine Inch Nails, Motlëy Crüe, Rob Zombie e muitos outros.

A nova turnê 2011, intitulada No More Mr. Nice Guy, passará pelo Canadá. EUA. Europa e América do Sul.

Com realização da TIME FOR FUN, a turnê brasileira passará pelas seguintes capitais: Porto Alegre (Pepsi on Stage - 31/05), São Paulo (Credicard Hall - 02/06) e encerra a passagem pelo Brasil em Curitiba, (Master Hall - 03/06).

Clientes Credicard, Citibank e Diners contam com pré-venda exclusiva entre os dias 04 e 10 de abril. Membros do fã-clube oficial de Alice Cooper poderão adquirir ingressos com exclusividade no dia 11 de abril. O público em geral poderá adquirir ingressos a partir de 11 de abril. Pré-venda e venda acontecem nas bilheterias oficiais dos shows, pelo telefone4003-5588 (válido para todo o País), pelo site www.ticketsforfun.com.bre nos pontos de vendas espalhados pelo Brasil. Informações sobre preços serão divulgadas em breve.

Em 14 de março deste ano, Cooper foi homenageado e teve o nome incluído no Rock and Roll Hall of Fame. A cerimônia realizada em Nova York, contou com presença de Bruce Springsteen, Neil Young, Elton John e John Mayer, que fizeram uma grande jam session com os indicados.

Sobre Alice Cooper





Nascido na cidade de Detroit, Alice Cooper formou suas primeiras bandas no colegial e por volta de 1969 montou o Alice Cooper junto com Michael Bruce e Glen Buxton (guitarras), Dennis Dunaway (baixo) e Neal Smith (bateria). O Alice Cooper estava finalmente formado e em 1971, com o primeiro single (I'm Eighteen), eles conquistaram a fama internacional.

Em 1972, veio o clássico School's Out, que ficou no topo das paradas mundiais. Seguido por Billion Dollar Babies e No More Mr. Nice Guy (1973), que fizeram de Alice Cooper uma das bandas de rock mais conhecidas mundialmente.

Seguindo carreira solo, o primeiro disco solo de Alice foi Welcome to My Nightmare, de 1975, com a faixa Only Women Bleed. Muito outros hits foram lançados entre as décadas de 70 e 90, incluindo: I Never Cry, You & Me, Poison e os álbuns multi-platinado Trash, Hey Stoopid e The Last Temptation.

Alice continuou a gravar e lançar discos de sucesso no novo milênio, incluindo Brutal Planet, The Eyes of Alice Cooper, Dirty Diamonds, e seu mais novo trabalho de estúdio, Along Came a Spider, lançado em 2008 e que conta com a participação de Slash na faixa Vengeance is Mine, e de Ozzy Osbourne tocando harmônica em Wake the Dead, que ele co-escreveu.

Além disso, Alice lançou uma série de DVDs com shows ao vivo durante o ano, o mais recente é Theatre of Death, da turnê de 2009.

A banda que acompanha Alice na turnê No More Mr. Nice Guy em 2011 marca o retorno do lendário guitarrista Steve Hunter (que gravou e viajou com Alice na década de 70) e de peças antigas do grupo, como Damon Johnson (guitarra) e o baixista Chuck Garric e os novatos Glen Sobel (bateria) e Tommy Henriksen (guitarra), que trabalharam com Alice em seu próximo álbum, Welcome 2 My Nightmare, previsto para ser lançado em 2011.

segunda-feira, 28 de março de 2011

IRON MAIDEN


Show do Iron Maiden no Rio é adiado por falta de segurança, diz produção
Apresentação marcada para este domingo (27) ocorrerá na segunda (28).
Grade que separa palco do público cedeu durante primeira música.
Do G1, em São Paulo

No sábado (26), Iron Maiden se apresentou em
São Paulo (Foto: Flavio Moraes/G1)
O show da banda britânica Iron Maiden, marcado para a noite deste domingo (27), no Rio de Janeiro, foi adiado para segunda-feira (28), segundo a assessoria de imprensa do evento. O adiamento ocorreu por motivos de segurança, depois que uma grade que separa o palco do público cedeu. O acidente teria ocorrido ainda durante a primeira música do show.
Se você esteve no show do Iron Maiden no Rio de Janeiro, envie fotos e vídeos ao VC no G1.
De acordo com a organização do evento, os ingressos deste domingo valerão para a segunda-feira, e o show está previsto para começar às 20h30, no HSBC Arena. O público estimado é de 13 mil pessoas. Quem não puder comparecer ao show de segunda-feira será ressarcido.
De acordo com a Polícia Militar, apesar do adiamento, alguns fãs do grupo permanecem no local em que ocorreria o show. A situação na região é tranquila e não há registros de tumultos.
Reembolso
Os fãs que não puderem comparecer ao show de segunda-feira poderão solicitar o reembolso do valor dos ingressos a partir do dia 4 de abril. Aqueles que compraram ingressos na bilheteria da Arena e nos demais pontos de venda deverão se dirigir à bilheteria com os comprovantes dos tickets para o ressarcimento.
Já os fãs que compraram ingressos através do Call Center e da Internet deverão entrar em contato pelo email sac@livepass.com.br ou pelo telefone 4003 1527, munidos dos comprovantes dos tickets, também a partir do dia 4 de abril, para a solicitação do reembolso.
saiba mais
Ao ritmo de 'olê, olê', Iron Maiden conquista 50 mil pessoas no Morumbi

Show em São Paulo
No sábado (26), o Iron Maiden se apresentou no Estádio do Morumbi, em São Paulo, e reuniu 50 mil pessoas.
O grupo veio pela turnê “The Final Frontier”, mesmo nome que batiza o 15º álbum deles, de 2010. Além de São Paulo e do Rio de Janeiro, o Iron Maiden toca em Brasília, Belém, Recife e Curitiba.


Veja as fotos do show






segunda-feira, 21 de março de 2011

ROCK IN RIO

Banda Guns N´Roses tem presença confirmada no Rock in Rio 2011

21/03/2011 12h46





A banda de rock Guns N´Roses será mais uma das atrações internacionais no Rock in Rio 2011, no Palco Mundo. A cantora baiana Pitty ficará responsável por abrir o show do grupo.

Os roqueiros foram escolhidos através de uma enquete promovida pelo site do evento, que registrou a maioria dos 450 mil votos para a banda, que carrega grandes sucessos como "Welcome to the jungle" e "Sweet child o´mine". Ele também marcaram presença na terceira edição do Rock in Rio.

Além deles, o cantor Frejat também foi confirmado e se apresentará no evento, que vai acontecer nos dias 23, 24, 25, e 30 de setembro, e 1 e 2 de outubro, no Parque Olímpico Cidade do Rock, na Zona Oeste da cidade.

quarta-feira, 16 de março de 2011

ROCK IN RIO

ROCK IN RIO         16 de março de 2011

Shakira, Lenny Kravitz, Ivete, Jota Quest e Marcelo D2 confirmados!
Falta muito pouco para o line-up do Rock in Rio ficar completo!

Cinco artistas acabam de ser confirmados oficialmente para tocar
 no Palco Mundo no dia 30 de setembro: a grande estrela da noite
será a cantora, compositora, hitmaker, filantropa, embaixadora
da Unicef e referência internacional Shakira.




Antes dela, apresentam-se também o astro do rock e multi-instrumentista
 americano Lenny Kravitz e a musa baiana Ivete Sangalo. Kravitz retorna
ao Brasil depois de quatro anos, quando cantou para mais de 900 mil pessoas
 em Copacabana, para lançar seu novo álbum, Black and White America, e Ivete
 volta a animar uma plateia gigantesca depois de shows inesquecíveis no
 Madison Square Garden, no Rock in Rio Lisboa e no Maracanã.








Abrem a noite uma das principais bandas de pop rock nacional, o Jota Quest,
 que comemora 15 anos de carreira este ano; e um dos compositores mais
 presentes na cena jovem brasileira, Marcelo D2, famoso por circular no rap
e no samba, no morro e no asfalto sempre com rimas irreverentes,
que são sua marca registrada desde os tempos do Planet Hemp.








Nessa mesma data, o Palco Sunset promoverá quatro encontros especiais:
os portugueses do Buraka Som Sistema e o MixHell, de Iggor
João Donato e Céu; Cidade Negra, Martinho da Vila e Emicida;
além de Monobloco e a banda espanhola Macaco.

Shakira – que ao lado de Ivete estrelou a noite de
abertura do Rock in Rio Lisboa 2010, uma das mais cheias e animadas
de todo o festival – foi a atração pop mais pedida na pesquisa Ibope
feita na ocasião do retorno do Rock in Rio ao Brasil.


Fiquem ligados, ao longo dos próximos dias anunciaremos uma série de novas atrações! Para saber em primeira mão tudo o que acontece no Rock in Rio é só acompanhadar o nosso blog 

Em tempo: Como já era de se esperar, o anúncio das atrações do dia 30/11 trouxe um volume gigante de acessos ao nosso site. Por conta disso, colocamos uma versão pocket ontem no ar que ficou até hoje cedo. Agora já estamos de volta, com informações completas e todas as seções feitas especiais para você. Aproveitem!